CONHECEM A DIFERENÇA ENTRE AÇAFRÃO DA ÍNDIA E AÇAFRÃO ?

Quando nunca se viu verdadeiro açafrão, é fácil enganar-se sobretudo se o comprar em pó! Já pondo o nome de açafrão no Google, põe-vos a imagem de muitas coisas exceto as do verdadeiro açafrão..

Por conseguinte aqui esta um artigo para mostrar-vos a diferença entre o verdadeiro açafrão (o açafrão crocus sativus) e o falso açafrão, o açafrão-da-terra (curcuma), que nomeia-se também “açafrão réunionnais”, “açafrão indiano ou da Índia”, “açafrão péi” (açafrão do país da ilha da reunionão), “açafrão do pobre”, e mesmo o nome simples de “açafrão”…

Em Português ou Brasileiro, dizem “açafrão verdadeiro” para o açafrão sativus e “açafrão da terra” para o curcuma. Na lingua de Camões é mais facil de saber do que se fala. Poucas pessoas conhecem esta especiaria. Quando nos instalamos em Portugal, mais precisamente em Fonteita na região de Tras-os-Montes e Alto Douro, eu acho que as pessoas nos achavam loucos. Já o açafrão (crocus sativus), não conheciam.. Mesmo os meus pais puseram-se a explicar a todos os que procuravam a compreender, porquê estes jovens saidos da Suíça vinham instalar-se aqui para plantar essa coisa estranha que nunca ouviram falar e por cima por um calor a matar de 39 graus (de manhã) numa terra feita de po. E no entanto, esta magnífica flor lilás não cessa de espantar-nos cada dia. Então espero fazer-vos conhecer o nosso açafrão, esta magnífica especiaria e esta magnífica região de Tras-os-Montes e Alto Douro.

OS DOIS SÃO ESPECIARIAS, EIS AS SUAS DIFERENÇAS

Donde vêm ?

O AÇAFRÃO-DA-TERRA : é originário da Ásia designadamente da Índia e a Malásia. Vem de uma planta com grandes folhas verdes e medindo perto de um metro dos quais a especiaria é produzida à partir dos seus rizomas (ver foto título tirado de Internet) que se reduz em pó.

AÇAFRÃO : é extraído do pistilo do Açafrão sativus. Este último possui um pistilo que se divide a maior parte do tempo em 3 estigmas. Teve-se com 5 ver 6 estigmas mas são raros. Estes estigmas são secados à 80% do seu peso e da-nos assim a especiaria tanto cobiçada. (ver as nossas fotografias título da nossa colheita à Fonteita)

O seu gosto

AÇAFRÃO-DA-TERRA : uma vez reduzido em pó, a especiaria possui um sabor apimentado e muito aromático, característica do açafrão-da-terra que reencontra-se na cozinha asiática.

AÇAFRÃO : exaustor de gosto, descreve-se o seu sabor como meloso, possuinte subteis consonances metálicos em fim de boca. O seu sabor é muito mais complexo e mais potente que o açafrão-da-terra.

O seu poder colorante

AÇAFRÃO-DA-TERRA : colora os vossos pratas de um amarelo vivo e é também utilizado como corante vestimentario.

AÇAFRÃO : colora os vossos pratos de um amarelo alaranjado bem como os fatos amarelos ouro dos monges budistas por exemplo.

Falando saúde

AÇAFRÃO-DA-TERRA : nomeia-se “especiaria de longa vida”. As suas virtudes aproximam-se das do açafrão. Reencontra-se como aditivo aos tratamentos habituais do cancro com a curcumine, os úlceras, as inflamações, as perturbações digestivas, e muitas mais.

AÇAFRÃO : nomeia-se “flor de saúde”. Todas as virtudes do açafrão são descritas neste artigo. 

Estas duas especiarias são verdadeiras farmácias e valeriam a pena de ser conhecidas mais e utilizadas ! Lá é outro debate e porque não num próximo artigo..

O seu preço

O preço do açafrão é conta-se em gramas e o do açafrão-da-terra em quilogramas. Com efeito, fala-se de 35€ à 50€ cerca de 1 grama de estigmas de açafrões crocus sativus contra 20€ à 150€ cerca de 1 quilograma de açafrão-da-terra.

O preço do açafrão fixa-se de acordo com a qualidade da especiaria, bem como o tempo e trabalho passado a ocupar-se da terra, retirar cada má erva um à uma, a colheita cada manhã, a poda meticulosa flor por flor, a secagem ao grau certo, resumindo; todo é feito manual e conscienciosamente a fim de garantir-vos a excelência do produto, pelo menos no que NOS diz respeito. É um trabalho de ourives onde o seu valor é superior o do ouro. É uma verdadeira joia gastronómica que permanece acessível à todos os bolsos. Com efeito, se a qualidade estiver ao encontro, é necessário pouco para fazer vários pratos! (a esse respeito, o nosso artigo sobre a fraude do açafrão vai interessá-los!)

MAS ENTÃO PORQUÊ CONFUNDEN-SE TANTO ?

Confundem-se simplesmente pela semelhança entre o nome açafrão (do verdadeiro açafrão crocus sativus) e o apelido de Açafrão-da-terra do curcuma, sobretudo pelos habitantes da ilha da Reunião e também pela sua origem e não se esquece o lado corante que pode emprestar também à confusão! Para a pequena história, o apelido do curcuma “o açafrão das Indias”, data do século XVIII, com a chegada das especiarias em Europa provenientes das Indias. Nessa época, conhece-se já o açafrão que já é produzido na Europa (na Suíça desde o sécula XIV !!!) e nessa época, o seu preço vale já o do ouro e por conseguinte a chegada do Açafrão-da-terra muito mais barato, substituiu-o pela sua semelhança no poder corante e por conseguinte chamaram-no o açafrão das Indias… Consequentemente, terminará-se por ele por chamar rapidamente o curcuma “o açafrão do pobre”, o rizoma muito mais barato e acessível à todos do que o pistilo de açafrão crocus sativus.

E à qual preço comprar açafrão ? 

Geralmente,  0,1g situa-se entre 3 e 6 Euros mais ou menos.

O preço vai depender do tempo passado a ocupar-se da terra, a qualidade do trabalho na poda, da qualidade do açafrão, em resumo desta mão de obra artesanal e meticulosa que faz do açafrão um produto de qualidade.

Nós vendemos o nosso aqui na nossa loja online.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *